Atividades Regulares

 Domingo

8h – Reunião de Oração

9h – E. B. D (Escola Bíblica Dominical)

10h30 – Culto Matinal

19h – Culto Noturno

 Terça-feira

19h30 – Culto de Oração

 Quinta-feira

19h30 – Estudos Bíblicos

 Sábados ímpares

19h30 – Culto da Juventude

 Sábados pares

20h – Encontro dos casais

Login

Quem está Online

Temos 21 visitantes e Nenhum membro online

Marcas do Relacionamento Conjugal

“Marcas do Relacionamento Conjugal”

 

Salmo 127.1 a

“Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam...”

 

INTRODUÇÃO:

     Ao abrir as mãos, nós podemos ver as marcas do tempo registradas nelas. De acordo como trabalhamos, as mãos revelam o que passamos.

     A família Kennedy tem registrada, como marca familiar, a política e as tragédias. Teve início com o patriarca.

     A rainha Elizabeth da Inglaterra tem as marcas da realeza em sua família.

     Josué, registra a Palavra de Deus, desejou que as marcas da sua Família, fossem as Marcas do Compromisso com Deus.

“Agora temei ao Senhor e servi-o com sinceridade e com verdade. Deitai fora os deuses aos quais serviram vossos pais dalém do rio e no Egito, e servi ao Senhor (v. 14). Mas se vos parece mal servi ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais... porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor...”

(Josué 24.14,15).

     Essa decisão, deixou marcas até os dias da volta de Cristo. Ele atravessou, e atravessará todas as épocas.

     O Pr. Luiz Sayão, em um estudo sobre Relacionamento da Família, ou Relacionamento Conjugal registra algumas marcas que precisam fazer parte da rotina do casal e, por extensão, na família.

 

“Marcas do Relacionamento Conjugal”

 

I – Não deixe o dinheiro reinar no lar

I Tim. 6.10 “Porque o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e alguns nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores.

     . As coisas não preenchem

     . O amor ao dinheiro, não depende da quantidade que temos de dinheiro. O valor é o valor ético, moral e não material.

 

“Marcas do Relacionamento Conjugal”

 

II – Crie um Ambiente de Alegria

Prov. 15.15 “Todos os dias do aflito são maus, mas a alegria do coração é banquete contínuo.”

Prov. 17.22 “O coração alegre é bom remédio, mas o espírito abatido faz secar os ossos.”

Fl. 4.4 “Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos.

    Procurem maximizar as coisas que provocam a boa convivência, que produzem um bom entendimento.

     Afastem o que produz conflito.

 

“Marcas do Relacionamento Conjugal”

 

III – Entenda e respeite as diferenças, e os papeis

     . Homem

     . Mulher

     . Jovem

     . Crianças

I Pd. 3.7

“Da mesma forma, maridos, vivei com elas a vida do lar, com entendimento, dando honra à mulher como parte mais frágil e herdeira convosco da graça da vida, para que as vossas orações não sejam impedidas.”

 

“Marcas do Relacionamento Conjugal”

 

IV – Aprenda a pedir desculpas

Gn. 38.26

“Judá os reconheceu e disse: ela é mais justa do que eu, porque não lhe entreguei meu filho Selá. E nunca mais a conheceu intimamente.”

     . A falta de quebrantamento gera orgulho

     . A falta de quebrantamento gela o amor e até os ossos

Salmo 32.3

“Enquanto me calei, meus ossos se consumiam de tanto gemer o dia todo.”

 

“Marcas do Relacionamento Conjugal”

 

V – Não fique desenterrando o passado

     . desenterrar significa mágoas, ressentimentos, amargura dominando o relacionamento

     . Aprenda com Deus

Miquéias 7.19

“Tornará a ter compaixão de nós; pisará aos pés as nossas iniqüidades e lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar.”

 

“Marcas do Relacionamento Conjugal”

 

VI – Valorize os seus. Nunca os humilhe!

     . Após o culto, uma namorada para o seu namorado que havia errado o caminho: “o goiaba, é por aqui o caminho...”

     . Palavras chulas, baixas, rasteiras, desrespeitosa

. Não faça comparações

     Todo esse arsenal de palavras não deve fazer parte do vocabulário da família, do casal.

     . O melhor esposo é o seu

     . Os melhores filhos são os seus

     . A melhor esposa é a sua

Foi o Senhor que lhe concedeu.

Prov. 12.25: “A ansiedade no coração do homem o abate, mas a boa palavra o alegra.”

Prov. 15.4: “A língua serena é árvore de vida, mas a perversa quebranta o espírito.”

Prov. 16.24: “Palavras agradáveis são como favo de mel: doces para a alma e medicina para o corpo.

I Sm. 20.30

“Então Saul ficou furioso com Jônatas e lhe disse: filho de uma vagabunda! Acaso não estou sabendo que tu tens favorecido o filho de Jessé para tua vergonha e para vergonha de tua mãe?”

 

“Marcas do Relacionamento Conjugal”

 

VII – Não descuide da convivência íntima

I Cor. 7.5: “Não vos priveis um ao outro, salvo talvez por mútuo consentimento, por algum tempo, para vos dedicardes à oração e, novamente, vos ajuntardes, para que satanás não vos tente por causa da incontinência.

 

“Marcas do Relacionamento Conjugal”

 

VIII – Não guarde rancor. Converse, e muito.

Prov. 10.18: “O que retém o ódio é de lábios falsos, e o que difama é insensato.”

     . O ódio, o rancor criam barreiras no relacionamento que são intransponíveis ao amor, a compreensão e a harmonia no lar.

     É preciso dizer que foi magoada, ferido. É preciso falar. É preciso exteriorizar, pois, em alguns casos o cônjuge não teve intenção de ferir. Apenas palavras mal colocadas ou avaliações incorretas.

 

“Marcas do Relacionamento Conjugal”

 

IX – Não faça do seu filho ou sua filha, “um folgado ou folgada”

     . A vítima pode ser você

   Pr. Russel Sheed “O dever vem antes do prazer.”

    . Ele tem que ter tarefas

    . Ele tem que ter responsabilidade, para poder colher os frutos

Prov. 13.24: “O que retém a vara aborrece a seu filho, mas o que o ama, cedo, o disciplina.

     . A disciplina faz parte da economia de Deus.

     . Não é espancar

     . Não é humilhar

     . Não é um espetáculo

     . É corrigir

 

“Marcas do Relacionamento Conjugal”

 

X – Transparência é tudo

     . A mentira, a dissimulação, a meia verdade quebram a confiança e rompem com a fidelidade.

Prov. 12.19: O lábio veraz permanece para sempre, mas a língua mentirosa; apenas um momento.

Ef. 4.25

“Por isso, abandonai a mentira, e cada um fale a verdade com seu próximo, pois somos membros uns dos outros.”

 

“Marcas do Relacionamento Conjugal”

 

XI – Faça programas que agradem a todos

I Cor. 13.5 fala do amor

“Não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal.”

 

“Marcas do Relacionamento Conjugal”

 

XII – Ensine humildade

Prov. 15.33: “O temor do Senhor é a instrução da sabedoria, e a humildade precede a honra.

 

CONCLUINDO

     . Deus deve ser prioridade na sua vida

     . As marcas do relacionamento conjugal devem ser as marcas de Jesus na vida da família

 

 

Pr. João Roberto Raymundo