Atividades Regulares

 Domingo

8h – Reunião de Oração

9h – E. B. D (Escola Bíblica Dominical)

10h30 – Culto Matinal

19h – Culto Noturno

 Terça-feira

19h30 – Culto de Oração

 Quinta-feira

19h30 – Estudos Bíblicos

 Sábados ímpares

19h30 – Culto da Juventude

 Sábados pares

20h – Encontro dos casais

Login

Quem está Online

Temos 75 visitantes e Nenhum membro online

Lança o Teu Pão Sobre as Águas do Casamento

“Lança o Teu Pão Sobre as Águas do Casamento”

 

 

ORAÇÃO

 

MEDITAÇÃO

 

“Lança o Teu Pão Sobre as Águas do Casamento”

 

Eclesiastes 11.1-6:

     “Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás. Reparte com sete, e ainda até com oito, porque não sabes que mal haverá sobre a terra.

     Estando as nuvens cheias, derramam a chuva sobre a terra. Caindo a árvore para o Sul, ou para o Norte, no lugar em que cair, ali ficará.

     Quem observa o vento, nunca semeará; o que olha para as nuvens nunca segará.

     Assim como não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da que está grávida, também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas.

     Pela manhã semeia tua semente, e a tarde não retires a tua mão, pois não sabes qual prosperará, se esta, se aquela, ou se ambas igualmente serão boas.”

     Dennis e Gisele, nestes dias em que muitos casamentos estão passando fome, vocês são convidados a lançar o Pão dos Céus nas Águas do Casamento que hoje vocês estão celebrando, diante de Deus e dos homens como comprovação do compromisso que vocês estão assumindo de um para com o outro.

     Há várias formas e receitas de pão dadas por Deus, para serem usadas no casamento.

     São pães que conduzirão a união matrimonial em cada faze da vida.

 

“Lança o Teu Pão Sobre as Águas do Casamento”

 

I – Pão da Vida

     “Então Jesus lhes declarou: Eu sou o Pão da vida. Aquele que vem a mim não terá fome.” (João 6. 35 a)

     Na matemática de Deus 1+1+1=1

     . Uma base sólida

     . Um alicerce inabalável

     . Um alimento de inesgotáveis e eternos nutrientes.

     . É o Pão que vem do céu

     . É o Pão que dá vida ao casamento

     . É o pão que renova o casamento

     . É o Pão que mantém a vida do casamento

     . É o pão que não endurece os relacionamentos do casamento

     . É o Pão que alimenta a alma do casamento

 

“Lança o Teu Pão Sobre as Águas do Casamento”

 

II – Pão da Indissolubilidade

Mateus 19.6

“...portanto o que Deus ajuntou não o separe o homem...”

     O Pão da indissolubilidade do casamento tem apenas um ingrediente: o Amor.

     O amor verdadeiro, genuíno, é o amor registrado no cap. 13 de 1ª Coríntios

1- AINDA que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

2- E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

3- E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

4- O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. 5- Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;

6- Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

7- Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

8- O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;

9- Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;

10- Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.

11- Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

12- Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.

13- Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

     Esse Amor tem características e fundamentos que se contrapõem ao “amor” que os homens estão habituados a conhecer.

     Esse amor que o Novo Testamento orienta é: o amor que vem do coração de Deus. Ele:

     . É paciente

     . É benigno

     . Não alimenta a inveja

     . Não alimenta a soberba

     . Não tem acessos inconvenientes, nem público e nem particular

     . Não busca os próprios interesses

     . Não se melindra, não se irrita

     . Não levanta e nem alimenta suspeitas

     . Não tem prazer na injustiça

     Esse Pão do Amor que alimenta a indissolubilidade do casamento, tem prazer na verdade, está firmado na verdade e nunca falha.

     Pr. Dietrich Banhofer: “Não é o amor que alimenta o casamento mas o casamento que alimenta o amor.”

     Casamento segundo o coração de Deus, produzirá amor sem economias, não se esgota.

     “Os dois tornam-se um só” (Mc. 10.8)

     Esse Pão é feito no céu, e o fermento é a Palavra de Deus, que o faz sempre crescer.

     . Ele sacia a fome de compreensão   

     . Ele sacia a fome do diálogo

     . Ele sacia a fome do cuidado mútuo

     . Ele sacia a fome de vida

     . Ele sacia a fome de palavras agradáveis

     . Ele sacia a fome de proteção

 

“Lança o Teu Pão Sobre as Águas do Casamento”

 

III – Pão da Preparação

     . Preparação de um projeto de vida a dois

     . O primeiro ingrediente é a rocha dos séculos

“O Senhor é a minha rocha, o meu lugar forte...” (Sl. 18. 2 a)

     Jesus é a nossa rocha, a rocha que sustenta um projeto de vida a dois. A construção de verdadeiro casamento.

     “Ele é a principal pedra angular” (Ef. 2.20)

     Ele recomenda para o Pão da preparação, alguns outros ingredientes: fé, compreensão, generosidade, bondade, esperança, honestidade, caráter, sinceridade, lealdade e fidelidade.

     Estes, Gisele e Dennis, são ingredientes insubstituíveis e sem similares para o Pão da preparação de um projeto de vida a dois.

     Não é uma relação de amor e ódio. Esse falso conceito, não faz parte dos planos de um projeto de vida a dois, segundo o coração de Deus.

     O Pão da preparação é um projeto firmado tão somente na Rocha dos séculos que é Jesus e seus valores para o matrimônio.

 

“Lança o Teu Pão Sobre as Águas do Casamento”

 

IV – Pão da Esperança

     V.4 “...Quem observa o vento, nunca semeará; o que olha para as nuvens nunca segará.”

     Alimenta o espírito para combater os ventos contrários:

     . Dificuldades financeiras

     . Enfermidades

     . Desemprego

     . Criação dos filhos

     . Dúvidas

     . Perdas

     . Sonhos não realizados

     . Projetos interrompidos

     O Pão da esperança proporciona a convicção de que Deus é quem está no comando das nossas vidas, do nosso casamento.

Salmo 41.3

“O Senhor os protegerá, guardará a vida deles e lhes dará felicidade na terra prometida.”

     Aqui, a terra prometida de um casamento segundo seu coração.

     O Pão da esperança combate as nuvens escuras do casamento:

     . Nuvens da discórdia

     . Nuvens da incompreensão

     . Nuvens da imposição

     . Nuvens da desarmonia

     . Nuvens da indelicadeza

     O Pão da esperança sempre alimentará o casal com o alimento que protege, que preserva, que constrói, que impede o distanciamento e o esfriamento nas relações conjugais.

     Se alguma coisa for atingida por nuvens escuras, o Pão da esperança restaurará as forças para continuar.

     Por último, um Pão que não pode faltar.

 

“Lança o Teu Pão Sobre as Águas do Casamento”

 

V – Pão do Perdão

“...Não se ponha o sol sobre a vossa ira.” (Ef. 4.26)

     É o Pão que evita o progresso das mágoas, dos ressentimentos.

     É o Pão que supera os dias difíceis da fome de entendimento, dos momentos de dúvidas, de lutas.

     É o Pão que renova as forças do amor, da compreensão, dos valores eternos que alicerçam o casamento.

     É o Pão que aniquila a fome da desunião, das intrigas, dos desentendimentos, dos problemas que se mostram insolúveis.

I Cor. 13.5

“Quem ama não é grosseiro, nem egoísta; não fica irritado, nem guarda mágoas.”

Sabe por quê?

     Porque a mágoa, a falta de perdão mata o amor.

     O Pão do perdão impede a morte do amor.

Um poeta, Gisele e Dennis, escreveu:

     Assim... ambos assim

     No mesmo passo,

     Iremos percorrendo a mesma estrada,

     Tu – no meu braço, trêmula, amparada,

     Eu – amparado no teu lindo braço

     Ligados neste arrimo, embora escasso

     Venceremos as cruzes da jornada

     E tu te sentirás menos cansada

     E eu – menos sentirei o meu cansaço

     E assim, ligados pelos bens supremos

     Que para mim o teu carinho trouxe

     Placidamente pela vida iremos

     Calcando mágos, afastando espinhos

     Como se a escarpa desta vida fosse

     O mais suave de todos os caminhos

     Enfim, Dennis e Gisele, o Pão do perdão é o Pão que agrada o coração de Deus, ele vem do coração de Deus, para o coração do homem, para que na vida do casal reine somente a paz, a harmonia e a alegria.

 

CONCLUSÃO:

     Gisele e Dennis, lancem esses Pães nas águas do casamento de vocês, tanto pela manhã como a tarde.

     Não retirem a mão de vocês na preparação desses pães, porque depois de muitos dias vocês os acharão.

     . Acharão na própria vida de vocês.

     . Vocês colherão esses frutos.

     . Vocês acharão na missão que Deus lhes confiou.

     . Vocês acharão na vida da família que vocês estão construindo neste dia.

     . Vocês acharão na vida dos filhos que vocês terão.

     . Vocês acharão na forma de galardões no céu. Amém.

 

COMPROMISSO:

     Dennis da Silva Lago, estás disposto a prometer diante de Deus e destas testemunhas, assim como prometeste diante das autoridades civis, que toma esta jovem, Gisele Sousa Chaves, por tua legítima esposa, para viveres com ela segundo o coração e ordenação do Senhor Deus, no santo estado do matrimônio?

     Prometes amá-la, honrá-la, consolá-la e conservá-la, tanto na saúde como na enfermidade, na prosperidade, como em seus sofrimentos, e te conservares exclusivamente para ela enquanto ambos viverem?

     Gisele Sousa Chaves, estás disposta a prometer diante de Deus e destas testemunhas, assim como fizestes através do compromisso civil, que toma a este jovem, Dennis da Silva Lago, por teu legítimo esposo, para viveres com ele segundo foi ordenado por Deus no santo estado do matrimônio?

     Promete amá-lo, honrá-lo, respeitá-lo, ajudá-lo e cuidar dele tanto na saúde como na enfermidade, na prosperidade e no sofrimento, e te conservares exclusivamente para ele enquanto ambos viverem?

 

CERIMÔNIA DAS ALIANÇAS

     . Há, Gisele e Dennis, vários tipos de aliança.

     . Há, aliança de países para a guerra

     . Há, aliança de nações para o desenvolvimento comercial

     . Há, aliança de países para a paz.

    A bíblia registra algumas alianças. Vou citar apenas duas:

  1. Aliança entre os homens. I Sam. 18.3,4

     “E Jônatas e Davi fizeram aliança porque Jônatas o amava como a sua própria alma. Jônatas tirou a capa que vestia, e a deu a Davi, como também a sua armadura, e até mesmo sua espada, o seu arco e o seu cinto!”.

  1. A aliança de Deus com os homens. Is. 54.10; 55.3

“Embora as montanhas se desviem, e os outeiros tremam, contudo o meu constante amor não se desviará de ti, nem será removida a aliança da minha paz, diz o Senhor que se compadece de ti. Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim, ouvi e a vossa alma viverá. Convoco farei uma aliança perpétua, dando-vos as firmes beneficências prometidas a Davi.”

     Gisele e Dennis

     Hoje, vocês estão firmando uma aliança. Aliança entre dois servos do Senhor. Uma aliança diante de Deus e dos homens.

     Uma aliança verdadeira, Dennis e Gisele, tem características especiais.

1º) Resistirá aos tremores do casamento

     . Suportará as adversidades que ocorrerem

2º) Confirmará os votos prometidos

     . Até que a morte os separe

Mc. 10.9

“Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.”

3º) Manifestará em ações, o verdadeiro amor

     . Amor é prática

     . É dar-se ao outro

João 3.16

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

4º) Oferecerá a própria vida em favor do outro

Ef. 5.22-27

22- Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor;

23- Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo.

24- De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos.

25- Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,

26- Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra,

27- Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.

     No altar matrimonial, esta aliança que vocês, Dennis e Gisele, fazem hoje, assume significado de rara beleza.

     Aqui, ela representa o amor que, como ela, não tem começo nem fim.

     E é feita de ouro para significar que não há impurezas nela.

     Assim é o amor cristão, puro, sem suspeitas, sem soberba, sem malícias.

     O poeta afirmou sobre Aliança:

     Elo de ouro!

     És a esperança de horas risonhas e calmas

     Felizes os que na aliança acham a aliança das almas

 

NOIVO:

     Coloque, Dennis, esta aliança no dedo anelar esquerdo da Gisele e repita depois de mim:

     Eu te dou esta aliança como símbolo do meu amor por você,

     Unindo a ti meu coração e minha vida, e te faço participante de

     Todos os meus bens.

 

NOIVA:

     Gisele, esta aliança que você dá ao Dennis, será algo que ele sempre se orgulhará e usará como lembrança deste dia e dos votos que ele fez a Deus e a você.

     E, Dennis, ao usar esta aliança que lhe é dada com todo o amor da Gisele, eu espero que você sempre se orgulhe dela.

     Gisele, eu sei que você a dá como símbolo de seu amor pelo Dennis, e sua entrega a Jesus Cristo.

     Que você, Dennis, a receba e a use até o dia em que Jesus o chamar para sua casa.

     Gisele, queira colocar esta aliança no dedo anelar esquerdo do Dennis e repetir depois de mim para ele:

     Com esta aliança eu te recebo como meu legítimo esposo, com todo o afeto do meu coração no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

 

ORAÇÃO DE JOELHOS

     “Aqueles aos quais Deus ajuntou nenhum homem os separe”

(Mat. 19.6 b)

     Visto como Gisele e Dennis consentiram ambos em ingressar no Santo Estado do Matrimônio, havendo ambos dado e empenhado sua fé e palavra um ao outro, o que manifestaram pela união das mãos, eu, Ministro do Evangelho, os declaro marido e mulher, casados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

 

BÊNÇÃO APOSTÓLICA

     . Apresentação aos presentes

     . Casamento Civil

     . Saída instrumental

 

CHAMAR OS NOIVOS

     . O Senhor vos abençoe e vos guarde

     . O Senhor faça resplandecer sobre vós o seu rosto e tenha misericórdia de vós

     . O Senhor sobre vós levante o seu rosto e vos dê a Paz.

       

                                                      Pr. João Roberto Raymundo