Marcas Espirituais de Uma Igreja Saudável

“Marcas Espirituais de Uma Igreja Saudável”

“E logo, durante a noite, os irmãos enviaram Paulo e Silas para Bergia; ali chegados, dirigiram-se à Sinagoga dos judeus. Ora, estes de Bergia eram mais nobres do que os de Tessalônica; pois receberam a palavra com toda a avidez, examinando as escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato assim.” Atos 17.10,11

     Apenas oito meses nos separam das celebrações dos 30 anos de organização da nossa igreja. Um arrojado grupo de irmãos, levantaram a bandeira do Santo  Evangelho da Graça do Senhor Jesus Cristo.

     Agora, quando estamos prestes a comemorar esse fato tão especial, necessitamos colocar nossos olhos no futuro, e contemplar o que Deus, nosso Pai Celestial, tem para nossa igreja, e para cada um de nós. David Livingstone, missionário e desbravador da África afirmou: “A qualquer lugar, contanto que seja para frente, em Cristo.”

     Devemos, pois, avançar sempre com os olhos postos em Cristo, e para Cristo. Nas próximas seis ou sete semanas estaremos desenvolvendo temas que dizem respeito a “Marcas Espirituais de Uma Igreja Saudável”. Será sempre nos cultos da manhã. Devemos avançar sempre perseguindo e desenvolvendo Marcas Espirituais em nossas relações entre irmãos, com o próximo e com a sociedade de maneira geral. É atribuída a William Carey, missionário considerado o “pai das missões modernas” a seguinte frase: “Tente fazer grandes coisas para Deus e espere grandes coisas de Deus.”

     A igreja que colocar como alvo, realizar grandes coisas para Deus, pode esperar grandes coisas de Deus. O mesmo com cada crente em Jesus. A mobilização da igreja para alcançarmos e desenvolvermos as Marcas Espirituais de Uma Igreja Saudável, começa em cada um de nós. Isso é nobre: assim nos ensinam os bereanos.

 

No Amor e na Graça do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo

Pr. João Roberto Raymundo