Atividades Regulares

 Domingo

8h – Reunião de Oração

9h – E. B. D (Escola Bíblica Dominical)

10h30 – Culto Matinal

19h – Culto Noturno

 Terça-feira

19h30 – Culto de Oração

 Quinta-feira

19h30 – Estudos Bíblicos

 Sábados ímpares

19h30 – Culto da Juventude

 Sábados pares

20h – Encontro dos casais

Login

Quem está Online

Temos 42 visitantes e Nenhum membro online

Famílias que Vencem têm Valores

“Famílias que Vencem têm Valores”

Naamã, comandante do exército do rei da Síria, era grande homem diante do seu senhor e de muito conceito, porque por ele o SENHOR dera vitória à Síria; era ele herói da guerra, porém leproso. Saíram tropas da Síria, e da terra de Israel levaram cativa uma menina, que ficou ao serviço da mulher de Naamã.  Disse ela à sua senhora: Tomara o meu senhor estivesse diante do profeta que está em Samaria; ele o restauraria da sua lepra. Então, foi Naamã e disse ao seu senhor: Assim e assim falou a jovem que é da terra de Israel.”  II Reis 5: 1-4

 

Durante o mês de maio falamos sobre as famílias que vencem e os aspectos que as fazem vencedoras. Domingo passado, falamos da importância de passar para a próxima geração o bastão da fé. Hoje, vamos refletir nos valores de uma família vencedora. Vejamos, pois, alguns desses valores na vida da serva da mulher de Naamã:

 

Famílias que vencem, permanecem com o legado da fé: ele o restauraria da sua lepra.”. Mesmo estando em uma terra distante, sobre a influência de uma cultura e religião pagã que adorava Rimom, “Nisto perdoe o SENHOR a teu servo; quando o meu senhor entra na casa de Rimom para ali adorar” II Reis 5: 18. E que pagava para receber os favores dos deuses, “te peço aceites um presente do teu servo.” II Reis 5: 17c, ela permanecia fiel a sua fé, ela sabia que lá, Naamã estaria “diante do profeta que está em Samaria”, diante do homem que era representante de seu Deus. Do profeta que seria usado por Deus para curar o seu senhor. A pergunta que precisamos responder é: Permanecemos firmes diante dos nossos superiores, amigos, colegas e vizinhos? Eles sabem quem é o nosso Deus?

 

Famílias que vencem, permanecem com o legado do amor ao próximo: Tomara o meu senhor estivesse diante do profeta que está em Samaria;”.Diante de uma situação que lhe era contrária, ela demonstra amor para com o homem que a tirara do conforto do seu lar. Amar o amigo ou quem nos faz o bem é fácil. Porém, amar e querer o bem de quem provocou uma situação ruim, é difícil! Contudo, essa jovem, traz consigo o valor de uma família vencedora, o amor ao próximo. Isso, nos faz lembrar dos ensinos de Jesus“Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem;”  Mateus 5:44.

 

Famílias que vencem, permanecem com o legado do testemunho:“Então, foi Naamã e disse ao seu senhor: Assim e assim falou a jovem que é da terra de Israel.”.Ela era nada menos do que a jovem da terra de Israel. É alguém que tem credibilidade. Qual o motivo dessa confiança? Por certo, seu comportamento diz de fato quem ela era! Sua atitude amorosa e respeitosa ganhara o respeito da sua senhora e do seu senhor. Como estamos agindo diante das pessoas que nos cercam? Respeito e confiabilidade se conquistam. Essa moça traz consigo o valor de uma família vencedora, o legado de um bom testemunho, a ponto, de Naamã ir buscar a resposta em Israel.

 

Famílias que vencem, permanecem com o legado do contentamento nas circunstancias adversas:Saíram tropas da Síria, e da terra de Israel levaram cativa uma menina, que ficou ao serviço da mulher de Naamã.”. Saiu do conforto de casa e dos cuidados materno e paterno. Perdera o contato com os seus queridos familiares. Em meio a essa situação adversa, poderia ficar irada, amargurada e cheia de ódio. No entanto, enfrenta a situação lembrando-se de onde era “da terra de Israel levaram cativa”. É em meio às circunstancias desaforáveis, que devemos nos lembrar de onde somos. Somos cidadãos do Israel celestial, e aguardamos a nova Jerusalém. É saber confiar em Deus em meio à situação contrária, é saber que Deus transforma essas situações em bênçãos. Paulo diz: “todas as coisas contribuem para o bem daqueles que amam a Deus”. Talvez, eu e você, ficaríamos perguntando: por quê? Devemos, no entanto, em meios às circunstancias desfavoráveis perguntar: Para que? Toda aquela perda trouxe ganho, o Deus de Israel foi divulgado em terra estranha “Voltou ao homem de Deus, ele e toda a sua comitiva; veio, pôs-se diante dele e disse: Eis que, agora, reconheço que em toda a terra não há Deus, senão em Israel;” II Reis 5:15a.

Famílias que Vencem têm Valores, e esses valores são imprescindíveis para a sociedade e para a glorificação do nome de Deus. Amém.

 

Pr José Pereira Mota Filho