Atividades Regulares

 Domingo

8h – Reunião de Oração

9h – E. B. D (Escola Bíblica Dominical)

10h30 – Culto Matinal

19h – Culto Noturno

 Terça-feira

19h30 – Culto de Oração

 Quinta-feira

19h30 – Estudos Bíblicos

 Sábados ímpares

19h30 – Culto da Juventude

 Sábados pares

20h – Encontro dos casais

Login

Quem está Online

Temos 51 visitantes e Nenhum membro online

Unção com o Espírito Santo

“Unção com o Espírito Santo”

 “mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.” Atos 1.8

     As últimas palavras de Jesus são marcantes porque profeticamente prometem a Igreja nascente poder para cumprir a “Grande Comissão” (Mt. 28.19; Mc. 16.15; Lc. 24.47 em diante). São tão relevantes e essênciais no cumprimento da missão da igreja, que foram proferidas no momento que antecedeu a ascensão de Jesus aos céus. A missão a ser desenvolvida, e o recurso dos céus para desenvolvê-la: o Poder do Alto.

     Esse versículo é chave no desenvolvimento da missão da Igreja, ele indica o claro desenvolvimento da missão: começa onde está implantada a Igreja local (Jerusalém), avança nas suas fronteiras, cidades e país (Judeia e Samaria) e prossegue até os confins da terra. É uma missão horizontal e simultânea. A Igreja deve desenvolver a visão de Jesus sobre a relevância e o valor de cada ser humano para Deus. Ele se doou por todos, viveu e morreu por todos. Ressurgiu do túmulo para vencer a morte por todos que o recebessem. O comentário da Bíblia Missionária sobre essa passagem afirma: “O anjo Gabriel prometeu a Maria que, por meio da vinda do Espírito Santo e do poder Deus sobre ela, nasceria o salvador (Lucas 1.35)”. Jesus promete que o nascimento e a missão da Igreja se darão da mesma maneira: com Poder da descida do Espírito Santo. Como Jesus foi equipado com poder para realizar seu ministério (Lc. 4.14,36; 5.17; 6.19; At. 10.38) e, assim, capacitou seus discípulos (Lc. 9.11), a Igreja também o fará (Lc. 24,48; T. 4.7; 6.8) para continuar sua missão. O livro de Atos é uma história da continuação da missão de Jesus pelos atos do Espírito Santo através da Igreja. É o Espírito Santo que dá início e é o catalizador e a força orientadora em toda obra missionária.

     Portanto, a Igreja estabelecida com e nos padrões deixados por Jesus, tem como missão recíproca, testemunhar da obra redentora do Senhor Jesus Cristo. É a Trindade em ação para proporcionar esperança ao homem pecador neste mundo que “jaz no maligno...”. Vivemos a gloriosa promessa de “um Novo Céu, e uma Nova Terra...” preparada pelo poder de Cristo Jesus, com sua morte e ressurreição. Para, como servos, como Igreja de Jesus levar essa mensagem, recebemos poder (Dunamys, no original), em forma de “Unção com o Espírito Santo.” Você, crente no Senhor Jesus, é ungido para testemunhar da sua graça redentora. Aleluia. Glória a Deus. Amém.

 

No Amor e na Graça de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo

Pr. João Roberto Raymundo