Livro:
Cap.
Vers.

Frase Exata:
Palavra:
Livro:
Lm 4:11 Deu o SENHOR cumprimento ao seu furor; derramou o ardor da sua ira, e acendeu fogo em Sião, que consumiu os seus fundamentos.
Lm 4:12 Não creram os reis da terra, nem todos os moradores do mundo, que entrasse o adversário e o inimigo pelas portas de Jerusalém.
Lm 4:13 Foi por causa dos pecados dos profetas, das maldades dos seus sacerdotes, que derramaram o sangue dos justos no meio dela.
Lm 4:14 Vagueiam como cegos nas ruas, andam contaminados de sangue; de tal sorte que ninguém pode tocar nas suas roupas.
Lm 4:15 Desviai-vos, imundos! gritavam-lhes; desviai-vos, desviai-vos, não toqueis! quando fugiram e também andaram errantes, dizia-se entre os gentios: Nunca mais morarão aqui.
Lm 4:16 A face indignada do SENHOR os espalhou, ele nunca mais tornará a olhar para eles; não respeitaram a pessoa dos sacerdotes, nem se compadeceram dos velhos.
Lm 4:17 Os nossos olhos desfaleciam, esperando o nosso vão socorro; olhávamos atentamente para uma nação que não nos podia livrar.
Lm 4:18 Espiaram os nossos passos, de maneira que não podíamos andar pelas nossas ruas; está chegado o nosso fim, estão cumpridos os nossos dias, porque é vindo o nosso fim.
Lm 4:19 Os nossos perseguidores foram mais ligeiros do que as águias dos céus; sobre os montes nos perseguiram, no deserto nos armaram ciladas.
Lm 4:20 O fôlego das nossas narinas, o ungido do SENHOR, foi preso nas suas covas; dele dizíamos: Debaixo da sua sombra viveremos entre os gentios.
Lm 4:21 Regozija-te e alegra-te, ó filha de Edom, que habitas na terra de Uz; o cálice passará também para ti; embebedar-te-ás, e te descobrirás.
Lm 4:22 O castigo da tua maldade está consumado, ó filha de Sião; ele nunca mais te levará para o cativeiro; ele visitará a tua maldade, ó filha de Edom, descobrirá os teus pecados.
Lm 5:1 LEMBRA-TE, SENHOR, do que nos tem sucedido; considera, e olha o nosso opróbrio.
Lm 5:2 A nossa herança passou a estrangeiros, e as nossas casas a forasteiros.
Lm 5:3 Órfãos somos sem pai, nossas mães são como viúvas.
Lm 5:4 A nossa água por dinheiro a bebemos, por preço vem a nossa lenha.
Lm 5:5 Os nossos perseguidores estão sobre os nossos pescoços; estamos cansados, e não temos descanso.
Lm 5:6 Aos egípcios e aos assírios estendemos as mãos, para nos fartarem de pão.
Lm 5:7 Nossos pais pecaram, e já não existem; e nós levamos as suas maldades.
Lm 5:8 Servos dominam sobre nós; ninguém há que nos livre da sua mão.
Encontrados 154 - Versículos